domingo, 30 de maio de 2010

VIVENDO, APRENDENDO E REAPRENDENDO!

Já tinha conhecimento dos Quatro Pilares da Educação (durante o magistério e no Pead), mas como tudo que é destinado a um cantinho que não é utilizado com frequência, é esquecido.
Max Haetinger reavivou nossa (minha e de todo professorado presente na palestra) memória sobre o assunto, citando o "Documento de Delors", que enfatiza os objetivos de uma escola que "encanta".
A escola, ao longo de toda vida, deve basear-se em quatro pilares:
- Aprender a conhecer, combinando uma cultura geral, suficientemente vasta, com a possibilidade de trabalhar em profundidade um pequeno número de matérias. O que também significa: aprender a aprender, para beneficiar-se das oportunidades oferecidas pela educação ao longo de toda a vida.
- Aprender a fazer, a fim de adquirir, não somente uma qualificação profissional mas, de uma maneira mais ampla, competências que tornem a pessoa apta a enfrentar numerosas situações e a trabalhar em equipe. Mas também aprender a fazer, no âmbito das diversas experiências sociais ou de trabalho que se oferecem aos jovens e adolescentes, quer espontaneamente, fruto do contexto local ou nacional, quer formalmente, graças ao desenvolvimento do ensino alternado com o trabalho.
- Aprender a viver juntos desenvolvendo a compreensão do outro e a percepção das interdependências - realizar projetos comuns e preparar-se para gerir conflitos - no respeito pelos valores do pluralismo, da compreensão mútua e da paz.
- Aprender a ser, para melhor desenvolver a sua perdonalidade e estar à altura de agir com cada vez maior capacidade de autonomia, de discernimento e de responsabilidade pessoal. Para issso, não negligenciar na educação nenhuma das potencialidades de cada indivíduo: memória, raciocínio, sentido estético, capacidades físicas, aptidão para comunicar-se.
Max Haetinger, durante sua palestra, através de suas citações, sugeriu "sutilmente", que os Projetos de Aprendizagens serão a base de uma escola do futuro que já está presente em nossa realidade atual.
"Nesta sociedade vence quem é curioso".
"O homem aprende primeiro por necessidade ou sobrevivência, segundo por curiosidade."
"O profissional que tem sucesso é o profissional que tem diferenciais, ou seja, faz as coisas de forma diferente".
"Sempre responda uma pergunta com outra pergunta".
(para aguçar a curiosidade)
Sócrates
"Saber cuidar é mais que um ato, é uma atitude.
Portanto abrange mais do que um momento de doação de zelo e de desvelo.
Representa uma atitude de ocupação, preocupação,
de responsabilidade e de envolvimento afetivo com o outro."
Leonardo Boff

"Escola integrada culturalmente +
expressão cultural e artística presente na sala de aula +
tecnologia permanente =
aprendizagem real e consciente".
Max Guinter Haetinger

Um comentário:

Simone disse...

Oi Suzan!! De forma mais específica, o que pensaste sobre a tua sala de aula a partir da palestra? O palestrante mobilizou reflexões mais pontuais? ABração!!